Reunião ocorreu nesta quarta-feira (22)

A presidente do Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC), doutora Leuda Dávalos, voltou a se reunir, nesta quarta-feira (22), com a equipe multiprofissional da Policlínica Tucumã, responsável pelos atendimentos e acompanhamento dos adolescentes que alegam ter apresentado reações adversas após tomarem a vacina contra HPV.

O encontro foi a convite do gerente geral da unidade, João Paulo Silva, para apresentar ao CRM a organização dos processos de trabalho e fluxo interno definido para o atendimento aos pacientes com Crises não epilépticas psicogênicas (CNEP).

Além da presidente Leuda Dávalos e do gerente geral da unidade, estiveram presentes na reunião a diretora técnica da Policlínica, Dra. Daniela Fernandes Neves, a vereadora Lene Petecão e as psicólogas Katheryne Queiroz e Telma da Silva.

Fomos convidados porque o gerente da Policlínica quis repassar ao Conselho a composição da equipe multiprofissional que faz o acompanhamento desses pacientes e, além disso, falou sobre o fluxo que está sendo ajustado. Essa equipe já existia, porém o atendimento estava sendo feito de forma fragmentada e, agora, eles estão alinhando para prestar um atendimento mais adequado a esses adolescentes. O CRM vai continuar acompanhando, fiscalizando e também contribuindo para que esses pacientes tenham acesso ao atendimento necessário”, disse a presidente.

Na última terça-feira (14), o CRM-AC já tinha se reunido, por videoconferência, com a equipa da Policlínica, além de representantes da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e do Ministério Público para discutir sobre o tema.

O Conselho vem acompanhando o caso desde o início e chegou a participar, em novembro do ano passado, da apresentação dos resultados da investigação feita por especialistas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) a respeito do quadro dos adolescentes no Ministério Público do Acre.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.